Seguro Viagem: Você sabia que problemas médicos no exterior podem custar mais de 50 mil dólares aos viajantes?

Imagina o cenário. Você está aproveitando as férias em Miami e uma dor na cervical começa a te deixar preocupado e você acaba sendo hospitalizado.

O que poderia acontecer se você não tiver um seguro com uma boa cobertura?

Quando estamos planejando uma viagem, é importante considerar não apenas as questões de lazer e turismo, mas também estar preparado para lidar com possíveis imprevistos, como emergências médicas. Uma emergência médica como apendicite nos Estados Unidos ou na Europa, por exemplo, pode custar em média US$ 50 mil dólares. Para evitar gastos inesperados e garantir assistência completa durante a viagem, é altamente recomendado adquirir um seguro viagem que cubra todas as despesas caso necessário.

Ao escolher um seguro viagem, é importante prestar atenção às coberturas oferecidas. Evite contratar o valor mínimo, pois a assistência médica no exterior pode ser bastante cara e pode não ser suficiente em caso de emergência. Neste caso, este viajante teria sérios problemas financeiros durante sua viagem, com gastos extras que não estava planejado.

Na Executive Viagens, oferecemos a opção de um seguro viagem completo que se adapta às suas necessidades específicas. Ao contrário de confiar no seguro viagem fornecido pelo seu cartão de crédito, que pode ter limitações e exigir que você tenha um limite disponível para cobrir emergências médicas, o seguro viagem que oferecemos permite que você escolha uma cobertura específica para sua viagem.

Se você adquirir um seguro viagem pelo cartão de crédito, você terá que ter o limite disponível para tais emergências na sua viagem, já o seguro viagem que oferecemos aos clientes é por assistência completa, ou seja, você estará totalmente protegido pela cobertura que você escolher.

O seguro viagem é tão importante quanto os outros serviços de turismo, deixou de ser opcional para item obrigatório e essencial para viagens nacionais e internacionais.

Por exemplo, se você tiver uma dor de dente nos Estados Unidos e precisar de cuidados odontológicos, os custos podem variar dependendo do tipo de tratamento necessário. Aqui estão alguns custos prováveis relacionados a uma dor de dente:

Consulta Odontológica: O custo de uma consulta inicial pode variar de cerca de US$ 75 a US$ 200, dependendo do dentista e da localização.

Radiografia Dentária: Se for necessária uma radiografia para avaliar a condição do dente, o custo pode variar de US$ 25 a US$ 250, dependendo da quantidade de imagens necessárias.

Tratamento para Cárie: Se a dor de dente for causada por uma cárie, o tratamento pode incluir obturação ou restauração do dente. O custo de uma obturação pode variar de US$ 100 a US$ 300, dependendo do tamanho e da localização da cárie.

Tratamento de Canal: Se a dor de dente for devido a uma infecção no canal radicular, o tratamento de canal pode ser necessário. O custo de um tratamento de canal pode variar de US$ 500 a US$ 1500, dependendo da complexidade do caso e da localização.

Extração Dentária: Em alguns casos, se o dente estiver muito danificado ou não for possível realizar outros tratamentos, pode ser necessário extrair o dente afetado. O custo de uma extração dentária simples pode variar de US$ 75 a US$ 450, enquanto extrair um dente do siso impactado pode custar entre US$ 225 e US$ 600 por dente.

Medicação Prescrita: Se forem prescritos medicamentos para aliviar a dor ou tratar uma infecção, os custos podem variar dependendo do medicamento e do seu plano de seguro de saúde. O custo médio de medicamentos odontológicos pode variar de US$ 10 a US$ 100 ou mais.

Continuando nossa lista de exemplos que podem acontecer na viagem, se você torcer o pé e precisar de cuidados médicos nos Estados Unidos, os custos podem variar dependendo do tipo de atendimento necessário. Aqui estão algumas despesas médicas comuns relacionadas a uma torção no pé:

Consulta médica: O custo de uma consulta médica pode variar entre US$ 100 e US$ 300, dependendo do médico e da localização.

Raio-X: Se for necessário um raio-x para avaliar a gravidade da torção, o custo pode variar de US$ 100 a US$ 500, dependendo da clínica e da região.

Imobilização: Dependendo da gravidade da torção, pode ser necessário utilizar uma tala ou uma bota ortopédica para imobilizar o pé. O preço desses dispositivos pode variar, mas geralmente fica na faixa de US$ 50 a US$ 200.

Medicamentos: Se forem prescritos medicamentos para aliviar a dor ou reduzir a inflamação, os custos podem variar dependendo do tipo de medicamento e se você tem ou não seguro de saúde. O custo médio de medicamentos pode variar de US$ 10 a US$ 100 ou mais.

Fisioterapia: Em casos mais graves de torção no pé, pode ser recomendada a fisioterapia para reabilitação. Os custos da fisioterapia podem variar dependendo do número de sessões necessárias e do local onde você realiza o tratamento. O preço médio por sessão pode variar de US$ 50 a US$ 200.

A lista é imensa, e tudo que não queremos é imaginar o que pode acontecer de imprevistos durante a sua viagem, o que é importante ressaltar que todos os valores são estimativas de custos e que os preços reais podem várias amplamente com base em fatores como localização, provedor de saúde e outros.

É preciso estar atento ao contratar um seguro viagem, o que mais importa para ter uma viagem agradável e segura, é viajar com o seguro ideal para suas necessidades durante a viagem e com uma cobertura ampla para imprevistos.

Viajar é bom, e viajar tranquilo é melhor ainda!

Leia também. O seguro viagem é obrigatório na Europa?

Categorias
Posts Recentes
Publicidade